4 de outubro de 2010

Odonto

Hoje ainda quando estava na clinica, passei por algumas pessoas do 1º período, percebi o quanto era gostoso a época de calouro, era uma fase nova, o meu gás era infinito, descobria em 71 acadêmicos, pessoas diferentes, em uma grande e inovadora odontologia. Alguns desistiram, alguns entraram, e estando no 4º período, vejo uma turma nova, com jovens mentes que se abrem em prol de uma melhoria de vida, a si e ao indivíduo que por mera confiança em nossa capacidade, senta em uma das cadeiras na Clinica Odontológica da FOA. Leva-me a pensar, o que será de nós, se não nós capacitar ao estar ali, cuidando e ajudando tantas pessoas que sofrem á sorrirem tranqüilas, com uma boca saudável e esteticamente bonita. Odontologia me cativou pela beleza de uma profissão digna de respeito. A palavra Dr. Não se resume em um ego, e nem em status, mas se compõe em ajudar, em doar-se, é ver o ser humano como um todo, e não esperar apenas uma boca á ser tratada. Odontologia se resume em cuidar, cuidar do semelhante, curar suas dores, e devolver um sorriso completo, sem constranger ao mostrá-lo. É dominar o assunto que se ama, e fazer dele a defesa de estar ali, manuseando uma caneta cirúrgica.


Autoria José Roberto França Oliveira 04/10/10


© Todos os direitos reservados Caso queira copiar favor citar a autoria. Direitos Autorais protegidos pela Lei n° 9610/98 de 19/02/98

2 comentários:

  1. Amei seu blog.
    Acabei de lançar um livro chamado Qualquer Versar, o download é gratuito. Dê uma lida:
    http://recantodasletras.uol.com.br/e-livros/2555650

    Iran Maia

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana a sua perspectiva "acadêmica" =)

    ResponderExcluir